Pergunte ao E-voo

Índice de assuntos
Aviões 248
Baterias e carregadores 338
Construção 325
Diversos 254
E-vôo (site e fórum) 76
Eletrônica embarcada 309
Escolha de equipamentos 428
Iniciando 278
Locais de vôo 32
Micromodelos 68
Onde comprar 183
Rádios 502
Sistemas de propulsão 515
Todos
Perguntar
Pesquisa nas perguntas já respondidas

Assunto: Rádios

Páginas:  << < 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 >  >> 

Em 16/05/2008 08:14, Adriano Gonçalves de Moraes perguntou:

Alguem teria o esquema para fazer um cabo para ligar o rádio do aeromodelo (futaba e JR ) na porta USB do computador
Ter, tem, mas infelizmente todo dispositivo USB é microcontrolado ou microprocessado (isto é, tem uma pequena CPU responsável por se identificar para o micro e gerenciar a comunicação).

Por causa disto, para fazer uma interface USB você precisará, por exemplo, de:

-Microcontrolador PIC18F2455: R$26,00
-Gravador de PIC com capacidade para gravá-lo: R$240,00
-Cabo USB: R$5,00
-Placa padrão: R$5,00
-Cristal: R$1,00
-Capacitores: R$0,50
-Caixa: R$5,00

O software para gravar no microcontrolador pode ser achado na internet gratuitamente.

Nem é preciso somar para ver que é muito mais caro do que os R$50,00 a R$80,00 que costuma custar uma interface USB.
Respondido em: 16/05/2008 09:23

Em 10/05/2008 19:43, Jonatas Stambouli perguntou:

tenho um radio skysport t7yfk que funciona perfeitamente ha muito tempo inclusive com o cabo trainer, mas tentei fazer o cabo que vcs sugerem e percebo que muita gente teve sucesso em fazer o cabo funcionar! eh tao simples que percebi que muitos leigos que usaram o fero de solda pela primeira vez conseguiram fazer o cabo funcionar! o que ocorre eh que nao sou leigo em eletronica, inclusive trabalho com conserto de placa mae de computadores e tenho um laboratorio avancado de eletronica! usei o tutorial e o resultado eh que o cabo nao funciona nem com reza brava! ja medi tudo e ja contrui dois cabos e troquei o material diversas vezes! o que eu gastei ja dava inclusive para ter comprado um cabo USB zero bala rsrsrsr!estou puto da vida e quero fazer esse cabo funcionar kkkkk! bom, vamos aos fatos.... tenho tres notebooks, um dell d600, um toshiba 1135 e um m45! nenhum deles aceitou o cabo, no meu PC eu ja testei com varias placas maes que usam estruturas eletronicas bem diferentes! P21G, P5S800-VM, D946GZIS,, D101GGC(essa ultima eu vendi num micro pro sergiao que constroi aeros gigantes)! conversei com o amigo Eduardo Godoy e ele me disse que o cabo era incompativel com algumas placas maes e que nunca funcionou direito, inclusive ele mesmo nao conseguiu fazer funcionar o cabo mas como eu mesmo disse, ja testei em carias placas de varias plataformas diferente(AMD Intel e cyrix)!!!! alguem pode me dar uma luz????
Apesar de não ser o autor, já testei esta interface em vários equipamentos, dentre eles um mini-torre montado motherboard Chips, dois notebooks Sony (não lembro os modelos) e um Dell 520, sempre funcionando perfeitamente.

Os problemas que tive foram com o PPjoy, após desinstalar e reinstalar várias vezes nem sempre era possível fazê-lo funcionar a contento, mas na primeira instalação sempre ia bem.

Se você tem equipamentos, sugiro analisar o problema passo a passo.

No Futaba 7YFK (tenho um exatamente igual) o pino 2 do conector trainer é a saída PPM, enquanto a carcaça metálica (terra) é ligada ao negativo da bateria.

Ligando o terra do osciloscópio ao terra do conector e a ponta de prova ao pino 2 do conector deve sair uma seqüência de pulsos de 5V, de aproximadamente 0,1ms de duração com 1,5ms de distância entre as rampas de subida se os controles estiverem no centro. São 7 pulsos com este intervalo, seguidos de um intervalo maior após.

Verifique isto primeiro, se não estiver assim, é problema no conector ou na saída trainer do transmissor.

A próxima etapa é verificar a porta paralela. O cabo do tutorial utiliza os pinos 10, 16 e 18.

O pino 18 é terra de sinal da interface paralela (do 18 ao 25 são todos interligados).

O pino 16 é saída, uma das portas de controle (INT) que normalmente deve estar em 5V. Se não estiver em 5V com o PPjoy ativo, este é o provável problema.

O pino 10 é sempre entrada, mesmo que a paralela não seja bidirecional (ACK).

O circuito é bem simples, o resistor de base de 10K entre o pino 2 do transmissor e a base do transístor PC548 é apenas para limitar a corrente, e garante que mesmo que o circuito entre em curto não danificará o transmissor.

O resistor de 10K entre o pino 16 e o pino 10 serve para manter o pino 10 em nível alto quando o transístor não está conduzindo.

O transístor serve para levar o pino 10 a nível baixo (próximo de 0V) quando há um pulso na base.

Seguindo o sinal com tudo ligado corretamente, na base do transístor deve haver os mesmos pulsos que no pino 2 do plug para cabo trainer do rádio, apenas em nível ligeiramente menor.

O coletor do transístor deve estar sempre em 0V, afinal está ligado ao terra.

O emissor do transístor deve ficar em nível alto quando não estiver conduzindo, devido ao resistor de 10K para o pino 16 da paralela. Quando há pulso na base o transístor deve conduzir, levando o sinal próximo de 0V (portanto invertido em relação ao sinal na base).

Se estiver funcionando assim na eletrônica, o problema pode ser de software. Neste caso, verifique a instalação do PPjoy, se necessário use um VXD para liberar acesso à porta paralela, que normalmente fica alocada para o Windows.

Contando que transístor BC548 e 2 resistores custam alguns centavos, 2m de cabo de microfone não passam de 4 reais e o conector DB25 pode ser aproveitado de cabos antigos ou comprado por 5 reais, este é um circuito para não se gastar mais que R$10,00, portanto se você gastou o suficiente para comprar um cabo USB, melhor mudar de fornecedor, pois só o microcontrolador usado nas interfaces USB para simulador custa pelo menos o dobro.
Respondido em: 11/05/2008 10:40

Em 09/05/2008 09:54, John Júnior perguntou:

Primeiramente o brigado pela resposta da pergunta anterior, na verdade, qundo perguntei sobre high e low rate, eu queria ter perguntado o que é high e low band?
A maioria dos rádios normalmente usados em aeromodelismo, na faixa de 72Mhz, por natureza precisa de uma calibração no oscilador LC, de forma a ressonar na freqüência correta, tanto no transmissor quanto no receptor.

Em uma analogia com objetos mais comuns, no transmissor isto equivale a calcular as dimensões e material do violão para as notas que serão tocadas nele. Um instrumento bem ajustado produz um som mais forte e agradável, sem distorções, nas freqüências produzidas pelas cordas. Um instrumento de pior qualidade ou danificado produzirá o mesmo tom, porque o que determina a freqüência é a corda e não o corpo, mas com menor intensidade e pior qualidade.

No receptor ocorre algo semelhante, neste caso o ajuste do circuito funciona de forma parecida com orelha de muitos animais, que de acordo com o tamanho, formato e posicionamento melhoram a audição de certas freqüências.

Quando se compra um transmissor Futaba ou Hitec já com um receptor de longo alcance, por exemplo, ambos saem da fábrica já com um par de cristais de determinada freqüência e seus circuitos calibrados para dar um bom rendimento na freqüência destes cristais, sendo que o deslocamento de até 5 canais para cima ou para baixo não altera significativamente o alcance.

Quando se compra um receptor em separado, na maioria dos casos ele vem calibrado aproximadamente para a freqüência central da banda utilizada (72,500Mhz), o suficiente para funcionar bem.

Mas alguns receptores da Futaba são vendidos em versão calibrada para a metade inferior ou superior desta banda, para que a calibração de fábrica seja mais próxima da freqüência exata em que trabalhará.

No caso dos Low-band, a calibração é feita para cerca de 72,250Mhz, para operar nos canais 11 a 30 (72,010Mhz a 72,490Mhz).

No caso dos High-band, a calibração é feita para cerca de 72,750Mhz, para operar nos canais 31 a 60 (72,510Mhz a 72,990Mhz).

Caso esteja planejando comprar um receptor vendido nestas duas opções, procure escolher de acordo com seu transmissor, para evitar trabalhar com menor alcance.

Caso tenha que trocar radicalmente de freqüência, basta enviar o transmissor e os receptores para um técnico especializado, para recalibração.
Respondido em: 10/05/2008 07:02

Em 08/05/2008 16:45, John perguntou:

Olá pessoal, podem me tirar uma dúvida?
Tenho 4 rx Berg 4, 1 Guanli e 1 Futaba, todos com canal 42 e compatíveis com meu Fut 4YF. Estou querendo comprar outro rádio, talvez um Fut 7CAP, mas não sei se é compativel com meus rx, se positivo ótimo, se não qual modelo me sugerem (6 canais está bom demais). O que é Low e High rate, e no que isso influi?
Muito obrigado

O 7CAP é compatível com o Berge e Futaba, pois segue a mesma modulação do 4YF (quando configurado em modo PPM).

É um ótimo transmissor.

Low-Rate e High-Rate são os limites de atuação dos comandos, geralmente de aileron e profundor.

O 7CAP (e muitos outros transmissores) permitem configurar estes valores para que, por exemplo, com a chave dual rate em high você tenha 100% de atuação (para manobras acrobáticas por exemplo) e em low tenha 50% (para teste do modelo ou vôos mais tranquilos).

Este recurso é mais importante em modelos extremamente acrobáticos ou rápidos, para facilitar o controle.

Outra opção que o 7CAP possui neste sentido é o exponencial, que permite ajustar uma curva de resposta que deixa o controle mais preciso e suave no centro do comando e mais rápido nos extremos.
Respondido em: 08/05/2008 19:40

Em 08/05/2008 12:37, JAIRO FREITAS perguntou:

ola boa tarde gostaria de saber como faço um cabo simulador que seja para entrada usb e nao db 25 para controle futaba pois eu ja vi uma aqui que e para db 25 um abraço e espero resposta...
Infelizmente vamos ficar devendo...

Apesar de termos toda a informação necessária o processo é complexo e crítico demais para fazer um tutorial.

O DB25 é para porta paralela, o mais fácil de fazer porque esta porta já é capaz de ler sinais do tipo ligado/desligado.

USB é muito mais complexo, pois esta porta é genérica e exige que o dispositivo "converse" com o PC para se identificar e negociar prioridades, por isto as interfaces USB para rádio têm microcontroladores, que interpretam o sinal do TX e conversam com o PC fingindo ser um par de joysticks.

Como estes microcontroladores precisam de um programa para fazer isto, e este programa precisa ser gravado com um circuito e um software especiais, a complexidade deste projeto foge ao objetivo de nosso tutorial.
Respondido em: 08/05/2008 19:37

Em 08/05/2008 11:27, alessandro de souza ockner perguntou:

montei um cabo como este que vc desenvolvel funcionou perfeitamente , mas teve um dia que rompeu um fio que vai no píno 10 do conector grande ai soudei ele de novo no lugar mas quando ligo o radio fica fazendo um barulho de interferencia , queria que vc me ajuda-se a solucionar este problema , agradecido
No PPJOY tem uma opção "debug mode" em uma das telas de configuração. Provavelmente você clicou nesta opção enquanto procurava o defeito.

Ela faz o alto-falante do PC fazer um click a cada pulso do rádio, que fica realmente parecido com interferência.
Respondido em: 08/05/2008 19:33

Em 07/05/2008 14:13, alexandre nunes perguntou:

Boa tarde.
primeiramente gostaria de parabeniza-los pelo site que é nota 10 em todos os quisitos principalmente aos leigos na area. E por isso mesmo gostaria de um esclarecimento, pois tive uma proposta de um radio futaba t6xa, com 3 servos receptor bater, carreg, será que é adequado para que eu possa DESENVOLVER O HOBY E SE NÃO FOR PEDIR MUITO VCS TEM UM VALOR PARA TIRAR BASE .
MUITO OBRIGADO.
ALEXANDRE BH/MG
fifoto@hotmail.com

Obrigado.

O T6XA é um ótimo rádio, se for o 6XAS (com várias memórias) melhor ainda.

Para aeromodelismo elétrico normalmente não é muito útil ter os servos que acompanham o rádio originalmente, pois são muito grandes e pesados.

Como base de preço de equipamento usado, uma sugestão é:
T6XA: R$250,00 a R$300,00
T6XAS: R$300,00 a R$350,00
Receptor original R127: R$120,00 a R$160,00
Servos standard usados: R$30,00 a R$40,00 cada
Carregador do rádio usado: R$30,00
Bateria do transmissor usada em bom estado: R$30,00 a R$40,00 (embutido no valor dos rádios acima)
Bateria do receptor usada em bom estado: R$20,00 a R$30,00

Este equipamento serve para o hobby sim (com excessão dos servos se forem standard), mas para voar elétricos você precisará de outros ítens como microservos (cerca de R$30,00 a R$40,00 cada, novos), motor+ESC (cerca de R$120,00 o combo), baterias de vôo, hélices, modelo, etc.
Respondido em: 08/05/2008 19:45

Em 05/05/2008 23:57, Luis Roberto Rodrigues da Fonseca perguntou:

Tenho um rádio futaba skysport4, e um receptor fp-r127df, que funcionava normal com bom alcance, derrepente ele diminuiu esse alcance para menos de 200m, o que pode ter ocorrido??? pois já peguei o rádioTX de um amigo que esta funcionando normalmente e coloquei com o meu receptor porém não houve melhora no alcance.
Tem várias possibilidades, sendo as principais da melhor para a pior:

1) Antena quebrada;
2) Cristal quebrado;
3) Circuito descalibrado;
4) Um ou mais componentes danificados.

A possibilidade 1 você consegue verificar por conta própria, procure pelo fio da antena em busca de pontos frouxos. Se você tiver um multímetro e souber usar, pode ligar como teste de continuidade entre o ponto onde o fio da antena é soldado na placa e a ponta dele. Mas não faça isto se não souber usar, não toque em outros componentes, nem faça isto com o receptor ligado.

Caso não seja o primeiro caso, você pode tentar trocar o cristal por algum próximo e verificar. Pode ser com o cristal do receptor do seu amigo, por exemplo.

Se funcionar, compre outro cristal.

Daí para a frente, você terá que enviar para um técnico especializado.
Respondido em: 06/05/2008 06:43

Em 05/05/2008 12:02, Wellington Martin perguntou:

Bom dia

Comprei um rádio Futaba 9 (CHP)canais sintentizado e o windows não reconhece e nem o aerofly, gostaria de saber que programação deve ser feita no controle para que funcione, o cabo e o computador já foram testados com outros controles e estão OK

Coloque em modo PPM. Provavelmente está como PCM.

A modulação PCM não é padronizada entre os fabricantes, e portanto é incompatível com a maioria dos simuladores.
Respondido em: 06/05/2008 08:49

Em 04/05/2008 18:45, juan urresta perguntou:

Comprei um heli walkera 22e, depois comprei um kit de cabos simulador USB, so que não funciona....alguem pode me dar uma ajuda....
Os helicópteros Walkera usam um padrão diferente no cabo para simulador, incompatível com a maioria dos cabos USB para simulador.

A alternativa é comprar um transmissor Futaba ou Hitec.
Respondido em: 06/05/2008 08:44