Slow Flight com estilo Old-Timer de 1,48 m

Aqui colocamos as fotos da construção de nossos modelos.

Moderadores: Paulinho, Alvaro Sala, benites

JeanCS
membro
Mensagens: 91
Registrado em: 13 Abr 2017 19:11
Localização: Rio de Janeiro, RJ

Slow Flight com estilo Old-Timer de 1,48 m

Mensagempor JeanCS » 15 Ago 2017 15:29

Boa tarde colegas,

Me apresentando...Iniciei no aeromodelismo nos anos 80, com os modelinhos a elástico e planadores de mão, posteriormente fui para o U-control.
No início dos anos 90, comprei um Fusca .40 e iniciei no RC. Continuei ativo e voando até acho que 2006, quando passei a me dedicar quase que exclusivamente
ao Nautimodelismo, onde realmente me envolvi pra valer, disputando até campeonatos. Nesse período ainda voava de vez em quando mas não construia mais nada,
o que é minha grande paixão. Recentemente resolvi voltar a ativa e tirar a poeira...Eu tinha uma conta no e-voo antiga (+10 anos) que acabou sendo excluída por inatividade.

Sempre gostei da praticidade do Isopor, fácil de fazer, barato, leve e aguenta tranco, mas nunca consegui reproduzir o acabamento de outros materiais, assim resolvi
fazer um Old-timer que fosse parecido com o Playboy (1940), que eu já havia feito no passado em balsa, mas com Isopor e fibra de vidro pra tentar dar um acabamento como eu prefiro. Gosto muito de moldes negativos, são os melhores mas a ideia é poupar tempo, usando o modelo de Isopor e cobrindo com Fibra de 48 g/m2, sem a necessidade de moldes, pois só vou fazer um destes. Claro que vai ter um trabalho adicional de lixa, mas eu até estou com saudade disso...A ideia inicial partiu daqui:
Awesome.jpg
Awesome.jpg (38.07 KiB) Exibido 2242 vezes

E daqui:
b8bdb8403e32312d594ae4631afb50bf.jpg
b8bdb8403e32312d594ae4631afb50bf.jpg (36.91 KiB) Exibido 2242 vezes


O avião não tem planta, será uma espécie de Scratchbuilt, construído em torno de um "barril" de oito lados de isopor de 17 g/dm3, cortado de uma prancha de 10 mm:
IMG_2109.JPG
IMG_2109.JPG (35.35 KiB) Exibido 2242 vezes

IMG_2110 - Cópia.JPG
IMG_2110 - Cópia.JPG (34.91 KiB) Exibido 2242 vezes

É preciso cortar as pranchas de Isopor neste formato para ficar do mesmo tamanho do lado dos octaedros:
IMG_2145.JPG
(36.82 KiB) Não foi baixado ainda

Depois é preciso usar um tubo de carbono (ou algo rígido) para servir de referência de alinhamento para a colagem das pranchas:
IMG_2150 - Cópia.JPG
(36.11 KiB) Não foi baixado ainda


As dimensões e pesos estão em minha agenda! depois edito e coloco tudo aqui!
Editado pela última vez por JeanCS em 15 Ago 2017 15:51, em um total de 2 vezes.
Inteligente não é quem sabe para onde ir, mas quem aprendeu para onde não deve voltar...

JeanCS
membro
Mensagens: 91
Registrado em: 13 Abr 2017 19:11
Localização: Rio de Janeiro, RJ

Re: Slow Flight com estilo Old-Timer de 1,48 m

Mensagempor JeanCS » 15 Ago 2017 15:42

Continuando...
Em seguida é tudo colado, usando cola de Isopor (Acrilex). Cortar Isopor é chato e as vezes resvala e acaba cortando as pranchas errado, é só descartar e fazer outra...
IMG_2168.JPG
(36.18 KiB) Não foi baixado ainda

O centro todo colado!
IMG_2190.JPG
(36.78 KiB) Não foi baixado ainda

No fim da colagem temos a fuselagem com seus vincos...
IMG_2233.JPG
(32.4 KiB) Não foi baixado ainda

Em seguida é feita é aplicada a resina (epoxí) e a fibra, bem cortadinha pra evitar excessos...
IMG_2247.JPG
(34.91 KiB) Não foi baixado ainda

Depois de seco, falta aparar as pontas e cortar os excessos.
IMG_2250.JPG
(34.71 KiB) Não foi baixado ainda

Por fim, o resultado é esse:
IMG_2251.JPG
(36.36 KiB) Não foi baixado ainda


Vou fazer comentários de peso e rigidez brevemente, assim como dimensões, tenho tudo anotado, mas não em mãos agora. Pois essa construção já começou a dois meses e ele está quase pronto, faltando só o acabamento.
Inteligente não é quem sabe para onde ir, mas quem aprendeu para onde não deve voltar...

Avatar do usuário
fabriciogf
membro
Mensagens: 163
Registrado em: 13 Nov 2015 10:24
Localização: contagem

Re: Slow Flight com estilo Old-Timer de 1,48 m

Mensagempor fabriciogf » 16 Ago 2017 16:16

Parabéns Jean,essa estrutura que você fez de isopor será o molde pra fibra de vidro?

JeanCS
membro
Mensagens: 91
Registrado em: 13 Abr 2017 19:11
Localização: Rio de Janeiro, RJ

Re: Slow Flight com estilo Old-Timer de 1,48 m

Mensagempor JeanCS » 16 Ago 2017 18:31

Boa noite Fabrício,

Não, até dá pra usar como um plug (modelo) pra um molde, mas um molde bom dá muito trabalho, e como só vou fazer um destes, não vou fazer. A ideia é revestir o Isopor com fibra
para usar um acabamento com tinta, e também reforçar de modo geral, mas sem agregar muito peso. O Isopor posso deixar, já que é P2, muito leve, ou até posso retirar se quiser economizar uns gramas.
Inteligente não é quem sabe para onde ir, mas quem aprendeu para onde não deve voltar...

Avatar do usuário
fabriciogf
membro
Mensagens: 163
Registrado em: 13 Nov 2015 10:24
Localização: contagem

Re: Slow Flight com estilo Old-Timer de 1,48 m

Mensagempor fabriciogf » 16 Ago 2017 19:23

Muito bacana, vai usar que motor nele?

JeanCS
membro
Mensagens: 91
Registrado em: 13 Abr 2017 19:11
Localização: Rio de Janeiro, RJ

Re: Slow Flight com estilo Old-Timer de 1,48 m

Mensagempor JeanCS » 16 Ago 2017 19:37

Tenho vários tipos, guardados deste a época em que eu voava. Vai depender dos cálculos de velocidade x sustentação, peso...Mas me lembro que na época comprei vários WOW 2730 de 1200 kv, no RCgroups chamavam ele de " Silver Wonder", é um motor de 20 e poucos gramas, que chega até próximo de 500g de empuxo com um bom pitch. Acho que ele leva de boa, mas vou saber no final mesmo.

Ops! corrigindo o motor é o WoW 2712-12!!
Inteligente não é quem sabe para onde ir, mas quem aprendeu para onde não deve voltar...

JeanCS
membro
Mensagens: 91
Registrado em: 13 Abr 2017 19:11
Localização: Rio de Janeiro, RJ

Re: Slow Flight com estilo Old-Timer de 1,48 m

Mensagempor JeanCS » 17 Ago 2017 16:19

Continuando...
Foi utilizado o P2 por ser bem leve, embora seja bem mais flexível que o P3. Inicialmente apliquei resina na fuselagem que só no Isopor estava pesando 29g descontado o tubo de carbono. A resina fez o peso saltar pra 60g! Achei muito...e olha que apliquei a resina com pincel e bem "apertado", mas a resina embebe no isopor e acaba formando uma crosta de uns 3 mm. Fiz assim, pois se aplicar o tecido de fibra direto no Isopor, depois que seca achei que fica muito fácil de soltar, e resinando previamente ficou muito bom, bem resistente. depois apliquei uma camada de tecido de 48 g/m2, que é bem leve e de malha bem fechada. Assim o peso final acabou em 75g, pois não embebe nada mais. A fuselagem está muito firme, dá até pra jogar beisebol! Por isso não coloquei mais nenhuma camada. Espero que essa camada mais a resina proteja o Isopor de baixo do solvente da tinta PU. Se não resistir vou ter que aplicar mais camadas. Se for preciso muitas camadas posso descartar o Isopor, mas aí provavelmente vai ser preciso incluir algum elemento estrutural no interior, tipo caverna e longarina. Espero que não seja preciso, Vou fazer o teste em um corpo de prova antes.

Neste esboço tem várias informações e ideias gerais sobre o avião:
slowflight2.jpg
slowflight2.jpg (35.58 KiB) Exibido 2120 vezes
Inteligente não é quem sabe para onde ir, mas quem aprendeu para onde não deve voltar...

JeanCS
membro
Mensagens: 91
Registrado em: 13 Abr 2017 19:11
Localização: Rio de Janeiro, RJ

Re: Slow Flight com estilo Old-Timer de 1,48 m

Mensagempor JeanCS » 18 Ago 2017 11:18

Sobre a asa lí muitas referências sobre o perfil Davis-sm, que é muito sustentador e dócil no stall. Abaixo tem uma breve comparação entre os polares do Clark Y que é muito usado em treinadores e no geral e o Davis-sm, foi feita no site http://airfoiltools.com/compare/index, mas pode ser feita no RCcalc também:
polar.jpg
polar.jpg (31.8 KiB) Exibido 2075 vezes

Dá pra notar (pelo gráfico da esquerda) que gera bem mais sustentação que o Clark Y, principalmente em baixos ângulos de ataque, e começa a gerar sustentação por volta de -5° e passa de 10° gerando bem. Por outro lado dá pra ver (pelo gráfico da esquerda) que ele possui um arrasto bem maior, principalmente acima de 5°. É um perfil Slow sem dúvida! Sustentador e e melhor pra velocidade baixa. Simulei várias velocidades e as curvas mudam pouco.
Inicialmente imaginei um avião de envergadura de 120 cm, mas como resolvi usar fibra, não tinha ideia do peso final, assim pra andar o projeto defini uma carga alar de ~15g/dm2. aumentei a envergadura para 148 cm com a corda de 24, o que deixou o limite de peso em 536g. Posteriormente mudei a ponta da asa, o que retirou por volta de 1 dm2 da asa e aumentou a carga alar em 3 décimos apenas. O problema maior foi cortar os painéis de P2, o perfil é fino e côncavo-convexo, assim ajustei o dimmer do cortador pra ficar menos quente o fio e passei muito devagar. O resultado depois de uma lixadinha é esse:
IMG_2317.JPG
(37.7 KiB) Não foi baixado ainda
Inteligente não é quem sabe para onde ir, mas quem aprendeu para onde não deve voltar...

Avatar do usuário
LaercioLMB
membro
Mensagens: 13115
Registrado em: 16 Abr 2009 20:40
Localização: Porto Alegre - RS- 47

Re: Slow Flight com estilo Old-Timer de 1,48 m

Mensagempor LaercioLMB » 18 Ago 2017 12:09

Se vai fazer em fibra de vidro, cuide a gramatura da fibra a ser usada, a quantidade de resina entre camadas e cuide muito na hora de laminar a fibra se não, seu peso estimado vai passar muito.
Fibra de vidro só é bem recomendada para modelos acima de 1800 mm de envergadura e os modelos fabricados em fibra de vidro que tem envergadura igual ou pouco inferior a 1500 mm, são laminados com vácuo para que não fique nada de resina que realmente nãos seja necessária e a gramatura da fibra de vidro é bem baixa.
Feito em fibra de vidro é muito bom, mas é uma casquinha de ovo e não é a espessura da fibra que o deixa resistente e sim como é a estrutura do conjunto.
Se você criticar um sábio, ele te agradecerá. Se você criticar um ignorante, ele te insultará.

JeanCS
membro
Mensagens: 91
Registrado em: 13 Abr 2017 19:11
Localização: Rio de Janeiro, RJ

Re: Slow Flight com estilo Old-Timer de 1,48 m

Mensagempor JeanCS » 18 Ago 2017 12:54

O detalhe da ponta da asa já colada, com cola de isopor:
IMG_2350.JPG
IMG_2350.JPG (31.63 KiB) Exibido 2068 vezes

A asa neste estágio está com 66g, e bastante flexível. Fiquei muito preocupado com o ganho de peso da resina e resolvi usar apenas nos bordos de ataque e fuga (4 e 3 cm, respectivamente). Aproveitei e fiz a curvatura (diedro elíptico) de uma prancha de P0 cortada com gabarito e fixada por fita gomada na asa, pra dar o formato longitudinal e a incidência 2º menor na ponta da asa, enquanto a resina recava. Só a resina nos bordos já deixou a asa bem mais resistente, mas ainda assim precisou das varetas de fibra de 2mm colocadas juntas em cima e em baixo da asa, no ponto de inflexão, coladas com Araldite. Depois de tudo a asa terminou com 90g. Em seguida abrí o espaço para ela na fuselagem. Vou prendê-la com um parafuso de Nylon de 4mm. O ideal seria prender o parafuso mais para perto do bordo de fuga, pra evitar a tendência de soltar a asa em voo, mas devido a incidência dela, reparem que a parte da fuselagem que prende o bordo de fuga ficou com bastante material e reforçada, assim o parafuso vai no bordo de ataque mesmo, e atrás será preso por encaixe. O detalhe:
IMG_2372.JPG
IMG_2372.JPG (35.47 KiB) Exibido 2068 vezes

Detalhe lateral, reparem nos bordos a área com resina, com brilho diferente:
IMG_2375.JPG
IMG_2375.JPG (30.96 KiB) Exibido 2068 vezes

Detalhe de frente e do diedro:
IMG_2377.JPG
IMG_2377.JPG (35.71 KiB) Exibido 2068 vezes
Editado pela última vez por JeanCS em 18 Ago 2017 14:50, em um total de 1 vez.
Inteligente não é quem sabe para onde ir, mas quem aprendeu para onde não deve voltar...

JeanCS
membro
Mensagens: 91
Registrado em: 13 Abr 2017 19:11
Localização: Rio de Janeiro, RJ

Re: Slow Flight com estilo Old-Timer de 1,48 m

Mensagempor JeanCS » 18 Ago 2017 13:15

Alô Laércio!
Sim, já notei isso! Tanto que a asa só foi parcialmente laminada. Eu fazia no vácuo os cascos de veleiros RG65, que são feitos em moldes negativos, aí fica perfeito, sem quaisquer bolhas e um espelho. tanto que os últimos que fiz de carbono eu nem pintava! Mas sem moldes eu prefiro fazer no rolinho mesmo, pois com vácuo, o plástico fica em contato direto com a face externa, e fica com os sulcos do plástico que comprime a peça. Vi um cara aqui fazendo uma asa com vácuo em que ele usou uma contra-fôrma lisa que apertava uma asa como um sanduíche, aí ficou lisa, mas ele usava tecido de 90g. Esse é de 48g muito levinho e bem fechado, a face laminada está super fininha e relativamente lisa, como dá pra ver nas fotos.
O grande problema é que quando casei fui morar noutra cidade a 3000 km e deixei tudo com a minha sogra. Embalei e cobri o melhor que pude, mas está tudo precisando de reparo. Tudo o que tinha madeira tufou, os bicos do aerógrafo entupidos, e o compressor até dei pro meu irmão, então só vou poder brincar com vácuo de novo quando vier meu décimo (kkk).
Inteligente não é quem sabe para onde ir, mas quem aprendeu para onde não deve voltar...

JeanCS
membro
Mensagens: 91
Registrado em: 13 Abr 2017 19:11
Localização: Rio de Janeiro, RJ

Re: Slow Flight com estilo Old-Timer de 1,48 m

Mensagempor JeanCS » 18 Ago 2017 14:35

Continuando...
O problema seguinte foi achar um bom ponto de fixação para a asa. No local de encaixe tem fibra fora mas dentro é o P2 e com o tempo e atrito vai se desgastar rápido, então resinei por dentro apenas a seção que apoia a asa. Resolvi o problema da fixação da asa e do trem de pouso, bolando uma peça única feita com tubos de carbono de 4 mm e aço de 2 mm, conforme o detalhe abaixo:
IMG_2387.JPG
IMG_2387.JPG (32.95 KiB) Exibido 2061 vezes

Notem que a porca do parafuso fica presa entre a peça metálica central, e é aí que a asa ficará presa:
IMG_2389.JPG
IMG_2389.JPG (24.22 KiB) Exibido 2061 vezes

E para assegurar que a porca não vai correr da posição, adicionei uma aruela, utilizei rover de carbono e envolví a peça inteira e resinei e retifiquei o resultado final, que foi fixado com Araldite por dentro da caverna da asa:
IMG_2393.JPG
IMG_2393.JPG (31.75 KiB) Exibido 2061 vezes

O resultado final, como a área central da asa ficará roçando na fuselagem, aproveitei e resinei o espaço entre as fitas:
IMG_2404.JPG
IMG_2404.JPG (36.53 KiB) Exibido 2061 vezes

Recoloquei a aba que foi cortada na fuselagem, na altura do bordo de ataque que tem fibra, e acrescentei uma arruela pra distribuir a carga e diminuir a pressão sobre o ponto de contato.
IMG_2405.JPG
IMG_2405.JPG (24.11 KiB) Exibido 2061 vezes

Ficou tudo bem forte, o peso mínimo, pois os carbonos pesam quase nada. Os pontos fracos são a perda do efeito mola, se fosse feito só de aço, o que amortece um pouquinho o tranco do pouso, ficará um baque mais seco...mas está muito bem apoiado. Outro possível problema são as pontas dos tubos que são possíveis pontos fracos, ainda que os eixos de aço das rodas entrem uns dois centímetros nos tubos. De qualquer forma não colei ainda as rodas e eixos no tubo, pois vou procurar uma luva de metal pra colocar na ponta, assim evito qualquer problema. Um detalhe da fixação das rodas nos eixos: usei a luvinha de latão que vem junto nos servos maiores, elas tem 2 mm também, e bastam umas marteladinhas pra encaixar, fica muito forte, mas sai com uma boa puxada de alicate. Um stopper ficaria um trambolho nesta rodinha pequena, bonita e cromada...
IMG_2394.JPG
IMG_2394.JPG (34.5 KiB) Exibido 2061 vezes
Inteligente não é quem sabe para onde ir, mas quem aprendeu para onde não deve voltar...

JeanCS
membro
Mensagens: 91
Registrado em: 13 Abr 2017 19:11
Localização: Rio de Janeiro, RJ

Re: Slow Flight com estilo Old-Timer de 1,48 m

Mensagempor JeanCS » 19 Ago 2017 19:02

Continuando...

Em seguida foi feita a cauda, cortada de uma prancha de 10 mm de P2 e com um perfil simétrico fino. Achei que ficou fino demais para colocar as duas varetas de fibra em cima e embaixo, e uma só não ia mudar muita coisa, então resolvi usar fio de carbono em ambos os lados dos conjuntos fazendo um corte nas pontas por onde deu pra esticar o carbono para melhorar sua ação, conforme as imagens abaixo:
IMG_2449.JPG
IMG_2449.JPG (37.85 KiB) Exibido 2013 vezes

IMG_2452.JPG
IMG_2452.JPG (33.04 KiB) Exibido 2013 vezes

Em seguida resinei os conjuntos mas não apliquei fibra. Ficou bem forte e com peso de 30g. O carbono dois dois lados cumpriu bem o papel e não acrescentou nem 1g de peso. Em seguida destaquei as partes que serão o leme e o profundor, e colei com Araldite na ponta da fuselagem, tomando cuidado com alinhamento.
cauda.jpg
cauda.jpg (32.26 KiB) Exibido 2013 vezes

Agora já está ficando com jeito de avião, aqui a vista lateral:
lado.jpg
lado.jpg (35.09 KiB) Exibido 2013 vezes

geral.jpg
geral.jpg (33.91 KiB) Exibido 2013 vezes

O peso, faltando a rodinha de trás, fixar os comandos e links e mesas e corta-fogo do motor, eletrônica, cowl e pintura:
peso.jpg
peso.jpg (33.54 KiB) Exibido 2013 vezes
Inteligente não é quem sabe para onde ir, mas quem aprendeu para onde não deve voltar...

Avatar do usuário
LaercioLMB
membro
Mensagens: 13115
Registrado em: 16 Abr 2009 20:40
Localização: Porto Alegre - RS- 47

Re: Slow Flight com estilo Old-Timer de 1,48 m

Mensagempor LaercioLMB » 19 Ago 2017 19:40

Tenha cuidado, o peso do modelo geralmente nos anima muito, mas quando a gente começa a colocar toda a parte eletrônica a coisa muda muito.
Certamente seu modelo poderá pesar 1500 g pronto que vai voar bem e quanto mais leve conseguir ficar, melhor.
Sou depto de equilíbrio de peso de um aeromodelo, nem muito leve e tão pouco muito pesado, há um peso ideal onde ele usa a própria massa para se manter por mais tempo planando e isso nos faz usar menos motor e ter muito mais tempo de voo.
Se você criticar um sábio, ele te agradecerá. Se você criticar um ignorante, ele te insultará.

JeanCS
membro
Mensagens: 91
Registrado em: 13 Abr 2017 19:11
Localização: Rio de Janeiro, RJ

Re: Slow Flight com estilo Old-Timer de 1,48 m

Mensagempor JeanCS » 19 Ago 2017 20:26

Sim, claro! Estou procurando minhas antigas fórmulas de cálculo de necessidade de torque de servo em função da área da superfície de comando e da velocidade pra verificar quais servos vão entrar aí, mas não acho nada. Tenho o hábito de sempre que eu comprava algo, trazia junto servos diferentes, ESC´s, BEC´s e motores pra aproveitar o frete, então tenho aqui guardado de tudo, de brushed (280, 350, 400, todos reduzidos) e brushless de vários tipos. Aproveitando sua ajuda no tópico, qual sua opinião sobre esse setup?

-Motor WoW 2712-12
Motor Specs:
Motor is about 1200 KV-- 110 Watts
Light weight ( 24g ) High torque with, CNC 27 mm aluminum can
CNC aluminum bearing support
Ultra high temperature neodymium magnets
Silicon steel laminations
Quality ball bearing & carbon steel shaft
Ultra high temperature coil

Li-Po; Thrust; Current(A); Propeller
3cells; 480g; 8.9; 8 x 3.8
3cells; 530g; 11.2; 9 x 3.8
3cells; 510g; 11.9; 9 x 4.7
2cells; 240g; 4.1; 8 x 3.8
2cells; 290g; 4.9; 9 x 3.8
2cells; 310g; 5.5; 9 x 4.7
2cells; 350g; 7.5; 11 x 3.8
2cells; 330g; 8.3; 10 x 4.7

Pretendo usar 2S com a 9x4,7. Usando uma bateria de 2360 mAh e 20C. Preciso confirmar se o pitch dele está ok pra isso.

-ESC WoW 12A, BEC 1 A. Estou preocupado se 1A vai dar conta dos 2 servos, mas tenho BEC externo de 3A.
-Servos, não sei, mas acredito que Emax de 9g e 1.8 kg.cm deva dar conta pois a velocidade é baixa.
PS: A massa do avião armazena energia cinética, que vc pode usar sim pra isso! Um pouco de gordura nunca fez mal, senão motor não tinha volante e picanha sem capa seria gostosa... (kkk)
Inteligente não é quem sabe para onde ir, mas quem aprendeu para onde não deve voltar...

Jacimar
membro
Mensagens: 431
Registrado em: 06 Jan 2014 04:02
Localização: Ipatinga/MG

Re: Slow Flight com estilo Old-Timer de 1,48 m

Mensagempor Jacimar » 19 Ago 2017 20:52

JeanCS escreveu:Sim, claro! Estou procurando minhas antigas fórmulas de cálculo de necessidade de torque de servo em função da área da superfície de comando e da velocidade pra verificar quais servos vão entrar aí, mas não acho nada.



Talvez ajude : viewtopic.php?t=58536


Parabéns pelo aero e boa sorte ! abraço . . .

JeanCS
membro
Mensagens: 91
Registrado em: 13 Abr 2017 19:11
Localização: Rio de Janeiro, RJ

Re: Slow Flight com estilo Old-Timer de 1,48 m

Mensagempor JeanCS » 19 Ago 2017 21:40

Muito boa ajuda Jacimar, vlw!

A fórmula que eu tinha era bem antiga e você tirava o valor do torque de uma curva com várias velocidades. Valeu por me adiantar a pesquisa! Estranhamente as dimensões que foram usadas no exemplo são as mesmas que eu uso!!! Apenas o bordo de fuga dos controles não são retangulares, são elípticos, menores. A velocidade que pretendo usar é um terço da calculada. Gostei muito da fórmula.
Inteligente não é quem sabe para onde ir, mas quem aprendeu para onde não deve voltar...

JeanCS
membro
Mensagens: 91
Registrado em: 13 Abr 2017 19:11
Localização: Rio de Janeiro, RJ

Re: Slow Flight com estilo Old-Timer de 1,48 m

Mensagempor JeanCS » 25 Ago 2017 16:16

Continuando...
O detalhe do engate da asa e do trem de pouso:
IMG_2493.jpg
IMG_2493.jpg (34.78 KiB) Exibido 1880 vezes

Em seguida fixei as superfícies de controle da cauda usando filme de Mylar:
cauda2.jpg
cauda2.jpg (34.76 KiB) Exibido 1880 vezes


Para ficar dentro do projeto inicial, resolvi usar um acabamento mais leve, usando massa pra deixar a superfície da asa bem lisa, usei essa massa:
IMG-2479.jpg
IMG-2479.jpg (36.53 KiB) Exibido 1880 vezes

Após uma boa lixada (grão 320) e uma demão, e pequenas correções, a asa ficou legal e ganhou apenas 11g! Nada mal pra uma asa deste tamanho...
final.jpg
final.jpg (26.83 KiB) Exibido 1880 vezes

Comparando com a imagem anterior da asa dá pra ver a diferença.
Inteligente não é quem sabe para onde ir, mas quem aprendeu para onde não deve voltar...

JeanCS
membro
Mensagens: 91
Registrado em: 13 Abr 2017 19:11
Localização: Rio de Janeiro, RJ

Re: Slow Flight com estilo Old-Timer de 1,48 m

Mensagempor JeanCS » 29 Ago 2017 21:22

Continuando...
Agora prendi a roda pequena na cauda, foi utilizado um arame de aço bem fino, com boa elasticidade, e um tubo de 3mm de carbono, mais ou menos assim:
roda3.jpg
roda3.jpg (37.24 KiB) Exibido 1812 vezes

Esse conjunto foi fixado na fuselagem com Araldite, O eixo da roda foi curvado na ponta, na altura das abas de fixação do horn do leme, colado com Araldite, bem firme no espaço entre as duas abas que foram parafusadas. Assim dá pra usar o canal do leme, para taxiar em terra. O resultado final:
av2.jpg
av2.jpg (37.24 KiB) Exibido 1812 vezes

Foi feita uma pré-montagem, coloquei um motor que vou testar pra verificar se vai servir, assim já tirei medidas para fazer o cowl, que terá molde positivo, e será feito inteiramente em fibra.
av1.jpg
av1.jpg (36.72 KiB) Exibido 1812 vezes

Interessante a perspectiva da foto, faz parecer que há um grande espaço entre o spinner e a asa. O spinner também é pequeno, de 1.5 polegadas, mas parece bem maior. Falta dar uma boa lixada no extradorso da asa e tapar alguns buracos maiores no Isopor do intradorso. Já tem comandos, link´s mesa e servos, corta fogo do motor, basicamente, falta terminar com a massa no intradorso, a massa da fuselagem, fazer a instalação da bateria, ESC e receptor, além do cowl. O peso atual:
peso2.jpg
peso2.jpg (32.72 KiB) Exibido 1812 vezes

Já dá pra estimar o peso final agora:
- 10g de massa;
- 10g de cowl;
- 80g de bateria;
- 9g de ESC;
- 6g de Rx;
- 10g gastos com fixação, cola, suportes, velcros para prender a eletrônica.
Total: 125g para adicionar, o que leva ao peso sem pintura de 125+363= 488g
Assim me sobra teoricamente uns 50g pra gastar com pintura. Não sei se vai dar pra manter o peso pretendido. Mas também não quero agora, no fim de tudo pintar com tinta aquarela. Quero uma pintura pelo menos decente, com uma pin-up legal no cowl, senão não terá valido a pena todo o trabalho.
O CG está a uns 5 cm atrasado do ponto do CP calculado no programa que plota as polares do perfil. Assim acredito que tenho muita margem para ajusta-lo utilizando a bateria 2S de 80g, que ficará alojada ligeiramente à frente da asa. Não vai ser preciso nenhum peso morto pra arrumar o CG, o que, na minha opinião é o certo a fazer se você vai fazer um projeto novo, como foi esse.
Inteligente não é quem sabe para onde ir, mas quem aprendeu para onde não deve voltar...

JeanCS
membro
Mensagens: 91
Registrado em: 13 Abr 2017 19:11
Localização: Rio de Janeiro, RJ

Re: Slow Flight com estilo Old-Timer de 1,48 m

Mensagempor JeanCS » 31 Ago 2017 14:41

Em seguida fiz o cowl, feito a partir de um bloco de P2 esculpido para servir de molde positivo.
COWL1.jpg
COWL1.jpg (34.99 KiB) Exibido 1759 vezes

Depois foram aplicadas duas camadas de Fibra de 48g/m2, em tiras de 3 cm sobrepostas. Desta forma:
COW2.jpg
COW2.jpg (37.23 KiB) Exibido 1759 vezes

Em seguida foram cortadas as rebarbas e lixado e então foi retirado o Isopor, que saiu aos pedaços sem problemas, mas não inteiro. O peso final do Cowl lixado ficou em 8g. Coloquei um suporte por dentro pra ter uma idéia do resultado com com o spinner:
COW3.jpg
COW3.jpg (21.29 KiB) Exibido 1759 vezes

COWL4.jpg
COWL4.jpg (39.23 KiB) Exibido 1759 vezes

Eu sempre fiz moldes com balsa, que sempre demoram muito pra ficar prontos, pois é preciso montar a estrutura, depois passar impermeabilizante, depois várias camadas de selador, devidamente lixados, depois sempre vem uma massa rápida em alguns pontos, com muita lixa dágua, depois laca nitrocelulose ou aparelho Nitro, e haja lixa até que fique tudo certo. Esse molde fiz com P2 em meia hora, está bem feitinho, mas nem de longe se compara a um feito do jeito tradicional. O problema é que tendo um molde positivo tradicional, você pode fazer um molde negativo de primeira, de onde poderá retirar muitas peças de fibra, usando vácuo ou não e ter pouco trabalho se quiser pintar depois, mas e se só for tirar só uma peça? E mesmo assim, sempre é preciso uma lixadinha fina e as bases de preparação pra tinta de qualquer forma. Um detalhe importante, é que se eu quiser um avião feito tradicionalmente, em geral é feito de várias partes que são coladas. Agora fazendo um molde de Isopor, por exemplo, uma fuselagem, acho que é bem prático usar um molde feito em CNC, e revestir ele com fibra, pois o Isopor pode ser retirado facilmente aos pedaços por uma caixa de inspeção aberta, ou simplesmente dissolvido, com o uso de um solvente qualquer, pois a fibra de vidro com epóxi aguenta tranquilamente até o Thinner, que é um dos solventes mais fortes.Com moldes tradicionais é preciso dividí-los pois são rígidos e facilmente estragariam a casquinha de fibra na hora de desmoldar. Vou fazer esse teste da dissolução.
Sobre o peso, esse cowl ficou com 8g, e tem 9cm de comprimento, se fosse uma fuselagem de uns 90 cm, deveria acabar com uns 80g em uma conta rápida. Claro que deve ser levado em conta possíveis reforços.
Inteligente não é quem sabe para onde ir, mas quem aprendeu para onde não deve voltar...

JeanCS
membro
Mensagens: 91
Registrado em: 13 Abr 2017 19:11
Localização: Rio de Janeiro, RJ

Re: Slow Flight com estilo Old-Timer de 1,48 m

Mensagempor JeanCS » 12 Set 2017 18:59

Continuando...
Agora que está faltando pouco, resolvi analisar a motorização. Tenho vários motores parados a um tempão e vou testar cada um deles, nas configurações de hélice e bateria típicas. Para isso vou usar uma bancada de teste antiga, que usa uma balança digital acoplada a um montante de motor bem elevado, pra interferir pouco na leitura, um Watt-meter, que tenho a um bom tempo, e embora não seja o melhor, cumpre o papel, medindo tensão e corrente. Utilizei um ESC de 30A WoW e um testador de servo, com escala graduada. A idéia é testar os motores com diversas configurações de hélices e medir o empuxo e a corrente, e a tensão e calcular potência e rendimento pra saber qual conjunto vai melhor nessa célula. Prefiro testar com uma fonte de bancada do que bateria, mas minha antiga tá fora de combate, então testei com uma bateria 2S de 2650 mA de 20C. Como aproveito o tempo vago medí não com a tensão nominal do 2S, mas com a carga de pico, e fui testando, assim o rendimento foi caindo a medida que os testes iam sendo feitos. Outro problema foi o balanceamento das hélices, pois o meu balanceador já tem uns 30 anos e foi pensado pra glow, mas sempre balanceou bem hélices pequenas. Mas agora sinto ele não tão sensível, assim o balanceamento não ficou perfeito! e com o acelerador próximo dos 100% algumas hélices começaram a mostrar leves sinais de desbalanceamento, assim desconsiderei os resultados desses conjuntos, ficando apenas os testes nas velocidades em que não notei nada. A idéia não é fazer um SUPER-TESTE, mesmo porque minha bancada tá muito defasada, mas pra testar os motores com uma boa precisão, pra não confiar apenas nos reviews que a gente vê por aí e não sabe como foi feito. Se alguém tiver algo a discordar ou acrescentar, é só falar. O primeiro motor foi esse:
Tab1.jpg
Tab1.jpg (38 KiB) Exibido 1521 vezes

Tab2.jpg
Tab2.jpg (38.36 KiB) Exibido 1521 vezes

Aproveitei e fiz uns gráficos, pra comparar melhor:
Graph1.jpg
Graph1.jpg (36.54 KiB) Exibido 1521 vezes

Graph2.jpg
Graph2.jpg (36.02 KiB) Exibido 1521 vezes

Graph3.jpg
Graph3.jpg (37.97 KiB) Exibido 1521 vezes


A primeira coisa que olho é se o pitch está bom com o acelerador próximo dos 50%, pois mesmo se o empuxo for ruim, o motor deve pelo menos compensar a resistência do ar a uma velocidade em que a asa gere uma sustentação igual ao peso, na pior situação. Lembrando que o WRTF deve ficar próximo de uns 540g, o RCcalc me dá uma velocidade "segura" de 25 Km/h. Assim o que procuro é um conjunto que com o acelerador em 50% me dê uma velocidade pelo menos ligeiramente acima disso. Assim, nesse quesito todas as hélices testadas atendem bem, em especial a 8x4 HD.
Em seguida o empuxo deve, pelo menos ser capaz de acelerar o modelo em 50% de acelerador até essa velocidade segura. O consenso é que é um número perto de 1/3 do peso WRTF. Eu sempre no primeiro voo de um modelo que faço, encontro um valor prático, mas que não é a velocidade segura, dessa forma: em voo nivelado e a favor do vento vou baixando o acelerador até ele perder sustentação e começar a cair. assim sei até que ponto posso ir pra um dado modelo, e posso reproduzir esse valor de empuxo estático em terra, o que me dá uma boa referência, pois o valor exato mesmo só pode ser obtido no ar. Mas 1/3 é um bom chute mesmo! Deve ter sido sugerido na prática também. Mas já achei até 50%. Assim, nesse projeto o empuxo em 50% deve estar perto de uns 270g. O que apenas as duas hélices maiores conseguem.
Por fim, achei a eficiência em g/W, ou seja, quantos gramas de empuxo final, são gerados por Watt na saída da bateria. Mesmo com esse teste nas coxas, deu pra notar claramente que as Slow flight são mais eficientes em baixas rotações,e perdem bastante em alta. Nesse ponto a 10x4.5 manteve uma boa média tanto em alta quanto em baixa.
Meu tempo anda curto, e acho que vou ficar com esse motor e bateria com a hélice de 10". Pra testar pra valer mesmo preciso de um balanceador bem sensível pra fazer as medidas em 100% de aceleração, o que só foi possível com a 8x4. Por hora é só...
Inteligente não é quem sabe para onde ir, mas quem aprendeu para onde não deve voltar...

JeanCS
membro
Mensagens: 91
Registrado em: 13 Abr 2017 19:11
Localização: Rio de Janeiro, RJ

Re: Slow Flight com estilo Old-Timer de 1,48 m

Mensagempor JeanCS » 19 Set 2017 15:15

Continuando...
Coloquei o pequeno WoW 2712 de 20g e comprei um balanceador mais preciso e testei ele pra valer ontem. A hélice de 10 x 45 junto com o spinner tem muita inércia, assim o motor não fica bom com Timing de 15% que vem de fábrica no ESC da Emax de 12A. Quando acelera bruscamente com ele em alta, ele perde o sincronismo algumas vezes (bate pino, KKK). Assim vou precisar comprar um cartão de programação pra baixar o timming, pra melhorar isso. No mais está ótimo, frio, dando quase 380g de empuxo gastando menos que 7A com 2S. Estou cuidando dos pequenos detalhes, pretendo acabar ele pra semana.
Inteligente não é quem sabe para onde ir, mas quem aprendeu para onde não deve voltar...

JeanCS
membro
Mensagens: 91
Registrado em: 13 Abr 2017 19:11
Localização: Rio de Janeiro, RJ

Re: Slow Flight com estilo Old-Timer de 1,48 m

Mensagempor JeanCS » 28 Set 2017 16:01

Agora estou na fase de acabamento. Pretendo dar um visual com marcas de rebites e placas de alumínio e decoração da década de 30 e um Pin-up bem legal no Cowl que está quase pronto!
Aproveitei pra fazer um encaixe para um medidor de tensão com alarme de carga baixa. O medidor ficará para baixo.
cowl31.jpg
cowl31.jpg (35.36 KiB) Exibido 1217 vezes

cowl32.jpg
cowl32.jpg (34.37 KiB) Exibido 1217 vezes

Fiz o acabamento clássico para fibra: primeiro primer (aparelho), depois lixa dágua, depois massa rápida nos defeitos que apareceram com o primer, depois lixa e uma camada final de primer, e tinta Alumínio PU (2x). Falta polir e dar a última demão e se quiser uma camada de verniz PU. Daí ficará brilhando...
Gostei muito do resultado, pois gastei meia hora pra fazer o molde que foi de P2 e o resultado dá pra ver acima. Poderia ficar melhor?...Claro, notei algumas pequenas falhas, mas são imperceptíveis, notem as curvas compostas e apertadas nos extremos do cowl, ficaram equiparáveis a um molde em balsa! Para a asa, notei que o primer sobre o P2 apenas com resina, detona ele. Estranhamente a massa rápida não. Assim na asa irá de Acrilex mesmo, 3 camadas bem finas, pra ficar bem homogêneo, misturando partes de branco, preto e azul, pra dar o tom do alumínio.
Para a Fuselagem já ví que é possível usar primer e massa rápida sem problemas. Mas quando fiz o teste com a tinta PU, ela detona o P2 por baixo, deixando o corpo de prova que usei cheio de buracos, então na Fuselagem também vai de Acrilex, mas será sobre a Fibra. Até daria pra retirar o P2 de baixo, mas ele tem uma função estrutural também, pois apliquei uma leve camada de fibra apenas, assim nesse modelo ficará como está.
Até breve!
Inteligente não é quem sabe para onde ir, mas quem aprendeu para onde não deve voltar...

JeanCS
membro
Mensagens: 91
Registrado em: 13 Abr 2017 19:11
Localização: Rio de Janeiro, RJ

Re: Slow Flight com estilo Old-Timer de 1,48 m

Mensagempor JeanCS » 02 Out 2017 15:58

Agora já pintei o modelo todo, faltando alguns detalhes, como figuras e insignias. Está assim:
aero1.jpg
aero1.jpg (33.76 KiB) Exibido 1014 vezes

Está ficando até simpático...
aero2.jpg
aero2.jpg (37.21 KiB) Exibido 1014 vezes

Não deu pra fazer as placas e rebites melhor, pois a fibra não marca pra fazer em baixo-relevo, e se fosse feito em alto-relevo, as três demãos de Acrilex apagariam, pois fica uma textura emborrachada! Só daria pra fazer no cowl, assim pintei as marcas com Nanquim preto. O peso deve ficar abaixo de 550g, o que manterá a carga alar bem baixa e dentro do projeto. Abrí uma caixa de inspeção sob o cowl de alguns cm2 para ventilação e instalação elétrica. A bateria é uma 1500 mAh de 20C e o ESC um Emax de 12A, e o motor com essa hélice em cruzeiro deve dar uns 5A, assim não esquenta nada e possivelmente o tempo de voo será legal. Testei por muito tempo a eletrônica com um testador de servos com função de teste e o motor a toda e nada além do motor esquenta. O ESC fica levemente morninho, mas por via das dúvidas, abrí a ventilação e abrirei outra em baixo da asa, pra circular ar fresco e evitar estagnação do calor. Não há tampas e nem aberturas na frente do modelo. Toda a inspeção e manutenção é feita por baixo da asa, a bateria encaixa sob os carbonos do trem de pouco e é presa por velcros. Há uma folga de uns 3 mm entre o cowl e o spinner, e a parte de trás do cowl é vazada, para prover ar fresco para o motor e entrar na abertura de ventilação que já falei. Brevemente vou fazer testes de "burn-in" e taxiamento, e decorar o que falta pra dar o "pronto".

PS:. e aí faz semanas que ninguém fala nada, nem pra dizer que tá FEIO!! kkkk, abraços.
Inteligente não é quem sabe para onde ir, mas quem aprendeu para onde não deve voltar...

Gilberto_CWB
Equipe E-voo.com
Mensagens: 851
Registrado em: 24 Nov 2008 11:38
Localização: Curitiba Parana

Re: Slow Flight com estilo Old-Timer de 1,48 m

Mensagempor Gilberto_CWB » 02 Out 2017 17:50

Estava acompanhando seu projeto! Observei que vc partiu da idéia de old-timers, que é minha praia. Creio que mais assemelhado ao Cumulus, planta original com cerca de 240 cm. Que eu lembre, quando montei um, tinha cerca de 2,5 Kg, com 4 baterias A123. Depois que coloca no ar, mesmo deixando sem motor, sua perda de altitude é lenta, lembra muito os planadores. Para sua referência, tinha um Lanzo Bomber, com 160 cm de envergadura e que pesava 700g, o famigerado 2822 levava com folga absoluta. Atualmente eu continuo usando as plantas originais, apenas diminuo o diedro das asas e coloco ailerons, o que não vejo como "heresia", pois naquela época servos à vontade e um canal a mais era algo impensável. O que não mudo é o estabilizador horizontal: observe que as nervuras possuem perfil e isso aumenta a área alar, além do aeromodelo voar bem com o CG lá perto dos 46%! Enfim, mesmo com modificações, creio que seu medo do peso está sendo exagerado! Deve voar com muita folga. É minha opinião, pessoal,mas deixei de voar com hélices SF faz muito tempo. Para esses tipos de aeromodelos, com asas com perfis sustentadores, o uso de hélices SF apenas aumenta o consumo das baterias e aquece mais o motor e Esc. Não tenho dados gráficos, como disse , é minha observação pessoal. Não sei se esses elementos ajudam em algo, mas estão aí. Muito bom recomeçar a ver construções mais elaboradas no forum! Parabéns pela iniciativa e experimentação! E os novatos que realmente querem aprender a voar, recomendo os oldtimers. N o ar são imbatíveis e para treinar pouso e decolagem não existem modelos mais fáceis. Eu só consigo trabalhar com balsa. Se eu for fazer em isopor será um desastre,kkk.

É um video antigo, mas veja a docilidade do voo do Lanzo, que aliás, tenho até hoje! Não tem porque quebrar...apenas leves escoriações!

https://www.youtube.com/watch?v=f48ukyPRd2k
A leitura é o fundamento da cultura. Sem ela, sempre seremos analfabetos.


Voltar para “Construções”

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 11 visitantes