Novo P-30 - Leribi 2

Nos aeromodelos de vôo livre reside a verdadeira ciência do aeromodelismo: a arte de construir, preparar e trimar um modelo para voar sozinho, sem interferência humana. Elétricos, à elástico ou catapultados, este é o lugar!

Moderador: Alvaro Sala

Avatar do usuário
Omar Grassetti
membro
Mensagens: 1994
Registrado em: 06 Mai 2004 10:58
Localização: sp

Novo P-30 - Leribi 2

Mensagempor Omar Grassetti » 30 Abr 2008 17:34

O Novo P-30 na verdade é mais uma etapa na evolução do projeto Leribi e pasa a ser o Leribi 2.

O modelo já está praticamente trimado, faltndo ainda ver como será seu comportamento ao dertermalizar na asa. Isso será feito no próximo vôo de teste.
Anexos
Leribi.jpg
Leribi.jpg (6.91 KiB) Exibido 5376 vezes

Avatar do usuário
Omar Grassetti
membro
Mensagens: 1994
Registrado em: 06 Mai 2004 10:58
Localização: sp

Mensagempor Omar Grassetti » 30 Abr 2008 17:36

Outra vista do modelo
Anexos
Leribi-II.jpg
Leribi-II.jpg (5.98 KiB) Exibido 5374 vezes

Avatar do usuário
Omar Grassetti
membro
Mensagens: 1994
Registrado em: 06 Mai 2004 10:58
Localização: sp

Mensagempor Omar Grassetti » 30 Abr 2008 17:37

Detalhe do nariz
Anexos
Nariz-1.jpg
Nariz-1.jpg (12.87 KiB) Exibido 5373 vezes

Avatar do usuário
Omar Grassetti
membro
Mensagens: 1994
Registrado em: 06 Mai 2004 10:58
Localização: sp

Mensagempor Omar Grassetti » 30 Abr 2008 17:41

Como o DT é na asa, o estabilizador é fixado com um pino para ser removido durante o transporte.
Anexos
Estab-1.jpg
Estab-1.jpg (15.52 KiB) Exibido 5371 vezes

Avatar do usuário
Omar Grassetti
membro
Mensagens: 1994
Registrado em: 06 Mai 2004 10:58
Localização: sp

Mensagempor Omar Grassetti » 30 Abr 2008 17:42

O pino do estabilizador encaixado
Anexos
estab-2.jpg
estab-2.jpg (12.98 KiB) Exibido 5369 vezes

Avatar do usuário
Omar Grassetti
membro
Mensagens: 1994
Registrado em: 06 Mai 2004 10:58
Localização: sp

Mensagempor Omar Grassetti » 30 Abr 2008 17:49

Fixação de estabilizador na parte posterior. O pino mais os calços impedem que o estabilizador mude de posição alrerando a trimagem do leme. Todo modelo cujo leme, ou lemes, são fixados ao estabilizador devem ser travados através de calços, mini baionetas ou pinos.
Anexos
estab 3.jpg
estab 3.jpg (16.26 KiB) Exibido 5363 vezes
estab 3.jpg
estab 3.jpg (16.26 KiB) Exibido 5363 vezes

Avatar do usuário
Omar Grassetti
membro
Mensagens: 1994
Registrado em: 06 Mai 2004 10:58
Localização: sp

Mensagempor Omar Grassetti » 30 Abr 2008 17:56

O pilão construido foi uma das parte mais trabalhosas do modelo
Anexos
Pilão-1.jpg
Pilão-1.jpg (11.12 KiB) Exibido 5359 vezes

Avatar do usuário
Omar Grassetti
membro
Mensagens: 1994
Registrado em: 06 Mai 2004 10:58
Localização: sp

Mensagempor Omar Grassetti » 30 Abr 2008 17:57

Fixação da asa
Anexos
Pilão-2.jpg
Pilão-2.jpg (17.54 KiB) Exibido 5357 vezes

Avatar do usuário
Omar Grassetti
membro
Mensagens: 1994
Registrado em: 06 Mai 2004 10:58
Localização: sp

Mensagempor Omar Grassetti » 30 Abr 2008 17:59

Detalhe do encaixe do pilão na fuselagem
Anexos
Pilão-3.jpg
Pilão-3.jpg (22.24 KiB) Exibido 5355 vezes

Avatar do usuário
Omar Grassetti
membro
Mensagens: 1994
Registrado em: 06 Mai 2004 10:58
Localização: sp

Mensagempor Omar Grassetti » 30 Abr 2008 18:01

Detalhe do DT.
Anexos
DT-1.jpg
DT-1.jpg (18.76 KiB) Exibido 5353 vezes

Avatar do usuário
Omar Grassetti
membro
Mensagens: 1994
Registrado em: 06 Mai 2004 10:58
Localização: sp

Mensagempor Omar Grassetti » 30 Abr 2008 18:02

A asa determalizada.
Anexos
DT-2.jpg
DT-2.jpg (16.67 KiB) Exibido 5351 vezes

Avatar do usuário
Pedro Pithan
membro
Mensagens: 2526
Registrado em: 09 Dez 2007 00:28
Contato:

Mensagempor Pedro Pithan » 30 Abr 2008 18:16

Omar, respeitandando a sua INCRÍVEL HABILIDADE e lhe digo o seguinte: NÃO HUMILHA!!! hehehe brincadeira Omar! Tá simplesmente magnifico! Espero no futuro trabalhar com a balsa tão bem como você!

Abraço, nos vemos assim que eu achar umas chapas de balsa que prestem! hehe

Avatar do usuário
Alvaro Sala
Equipe E-voo.com
Mensagens: 4462
Registrado em: 06 Jul 2006 21:35
Localização: São Paulo - SP
Contato:

Mensagempor Alvaro Sala » 30 Abr 2008 18:32

Legal Omar,
Você fez uma nova fuselagem e usou a mesma asa, estabilizador e lemes do leribi original?
Consegui reduzir o peso?

Avatar do usuário
Omar Grassetti
membro
Mensagens: 1994
Registrado em: 06 Mai 2004 10:58
Localização: sp

Mensagempor Omar Grassetti » 30 Abr 2008 19:11

Pithan,

Fico feliz em saber do seu interesse pela construção com balsa. Acredite, é muito mais simples do que parece. Só precisa de um pouco de prática, mais nada.

Está mesmo dificil achar balsa leve no momento. Temos que ter um pouco de paciência e esperar a liberação das novas remessas.

Avatar do usuário
Matheus aereo
membro
Mensagens: 757
Registrado em: 25 Jul 2007 16:09
Localização: Campo Grande MS

Mensagempor Matheus aereo » 30 Abr 2008 19:38

E a planta?
Alias.....
Que belezura de modelo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Avatar do usuário
Omar Grassetti
membro
Mensagens: 1994
Registrado em: 06 Mai 2004 10:58
Localização: sp

Mensagempor Omar Grassetti » 30 Abr 2008 19:40

Alvaro,

As alterações do modelo 2 foram:
Perfil NACA 4406 modificado (era Göttingen 335).
Pequena diiminuição das áreas da asa e do estabilizador.
Aumento do coeficiente do volume de cauda de 1.2 para 1.4 com consequente atrazo na posição do cg para mais ou menos (ainda não aferi) 75%
Fuselagem tubular.
Asa geodésica.
Determalizador na asa

Consegui reduzir bastante o peso.

Avatar do usuário
Omar Grassetti
membro
Mensagens: 1994
Registrado em: 06 Mai 2004 10:58
Localização: sp

Mensagempor Omar Grassetti » 01 Mai 2008 16:04

Matheus,

A planta somente depois que os testes de vôo terminarem.

Avatar do usuário
oldbox
membro
Mensagens: 340
Registrado em: 08 Dez 2006 01:12

Mensagempor oldbox » 01 Mai 2008 18:05

Apesar de "entender" o efeito,eu sempre me perguntava o que prendia
a asa depois de "determalizar" ?

Com estas excelentes fotos ficou claro como é feito,e como você sempre comenta Omar o processo é "simples"(apesar de o seu estar caprichado uma "barbaridade"!!! :shock: )o primeiro elástico traciona o bordo de fuga
para cima "freando" o modelo assim que o segundo elástico é queimado pelo pavío,aquele "cabinho" (acho que linha de pesca) embaixo da asa
limita o ângulo de "elevação e prende a asa no encaixe do pilão.

Apesar de parecer óbvio fiz questão de descrever o processo para confirmar todos os passos.

É isto Omar ?

Abraço Osmar.

Ps :Ainda tô na dúvida de como o pilão é preso no tubo é "colado" ?
“As vezes ouço passar o vento; e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido.” Fernando Pessoa.

Avatar do usuário
delgado
membro
Mensagens: 833
Registrado em: 28 Ago 2005 23:25
Localização: São Paulo, SP

Mensagempor delgado » 01 Mai 2008 18:35

eu aqui tentando fazer uma asa em isopor e achando que estava ficando bom.

volto já, vou botar fogo em tudo!

parabéns.
Criando coragem para pilotar o TREX

Avatar do usuário
Omar Grassetti
membro
Mensagens: 1994
Registrado em: 06 Mai 2004 10:58
Localização: sp

Mensagempor Omar Grassetti » 01 Mai 2008 19:46

Osmar,
É isso mesmo! O DT funciona exatamemnte como você descreveu.

Calma Delgado! Não precisa botar fogo em nada.
O isopor é uma espuma e construir com espuma tem muitas limitações. Não se pode comparar uma construção em balsa com uma de isopor ou depron. Sua asa de isopor deve estar ótima. É preciso considerar o limite do material para se julgar a qualidade do trabalho.
Acho muito legal a sua preocupação com a qualidade. Isso é fundamental para se evoluir no aeromodelismo ou em qualquer outra atividade.

Avatar do usuário
oldbox
membro
Mensagens: 340
Registrado em: 08 Dez 2006 01:12

Mensagempor oldbox » 02 Mai 2008 02:08

Omar você dá uma díca de como é fixado o pilão ? :oops:

Abraço Osmar.
“As vezes ouço passar o vento; e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido.” Fernando Pessoa.

Avatar do usuário
Steimacher
membro
Mensagens: 284
Registrado em: 22 Fev 2006 18:24
Localização: Lyon - França

Mensagempor Steimacher » 02 Mai 2008 09:44

Sem comentários Omar... Uma verdadeira aula...
Alysson Steimacher

Avatar do usuário
Omar Grassetti
membro
Mensagens: 1994
Registrado em: 06 Mai 2004 10:58
Localização: sp

Mensagempor Omar Grassetti » 02 Mai 2008 10:02

Osmar,

A expicaçnao parece complicada, mas na realidade essa é a parte mais fácil da construção do pilão.

As laterais do pilão são cortadas seguindo a projeção dos contornos do intradorso da asa e da parte onde o pilão será colado na fuselagem. Deixar uma folga de um milimetro na parte superior e de uns 3 milimetros na que vai colada na fuseagem.
Depois de construido, o pilão é lixado seguindo o contorno da fuselagem, o que é feito da seguinte maneira: cola-se uma lixa num cilindro; a soma do diametro final com a lixa colada deve ser identico ao diametro da seção da fuselagem
Aí é só lixar a base do pilao e pronto.

Antes de ser trimado o pilão é colado com fita crepe para que possa ser movido. Depois de trimado, o pilão é colado definitivamente com cola Aerobrás. Essa colagem é fraca pra que num caso de acidente o pilão se destaque, ao invés de se quebrar.
Numa boa construção, todas as colagens entre conjuntos devem ser fracas. O que trava é a acuidade do encaixe e não o excesso de cola.

jmanga
membro
Mensagens: 1240
Registrado em: 10 Jul 2006 21:00
Localização: Divinopolis/MG

Mensagempor jmanga » 02 Mai 2008 10:25

Me encanta os olhos ver uma construção assim.

Parabens e abraços.

Avatar do usuário
oldbox
membro
Mensagens: 340
Registrado em: 08 Dez 2006 01:12

Mensagempor oldbox » 02 Mai 2008 10:46

[quote:70ec3e9964="jmanga"]Me encanta os olhos ver uma construção assim.

Parabens e abraços.[/quote:70ec3e9964]


A mim também ! :shock:

Omar muito obrigado ,suas explicações exclareceram minhas dúvidas.

Abração Osmar.
“As vezes ouço passar o vento; e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido.” Fernando Pessoa.


Voltar para “Vôo Livre”

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 3 visitantes