review chuvoso Syma S107

Espaço dedicado a tratar de micro helicópteros, independentemente do número de canais.

Moderadores: Paulinho, benites

Avatar do usuário
brunollo
membro
Mensagens: 773
Registrado em: 28 Set 2008 08:36
Localização: Brasília, DF

review chuvoso Syma S107

Mensagempor brunollo » 09 Mar 2013 21:38

[color=blue:7e682b3662][b:7e682b3662][size=18:7e682b3662]Review chuvoso Parte I: Syma S107[/size:7e682b3662][/b:7e682b3662][/color:7e682b3662]

[img:7e682b3662]http://i118.photobucket.com/albums/o90/brunollo/Aero/Syma%20S107/Symaabertura.jpg[/img:7e682b3662]
[i:7e682b3662]O S107 faz mais uma patrulha na sala![/i:7e682b3662]

É chegada a época das chuvas. Nós, aeromodelistas que ficamos loucos pra chegar o fim de semana e dar a nossa sagrada voadinha, às vezes somos pegos de surpresa com dias chuvosos que impedem nosso voo. Nessa época, o sonho de todo aeromodelista é ter algo pequeno o suficiente pra voar dentro da sala! Nessa onda, surgiram os micro helicópteros. Enquanto temos opções muito sofisticadas, como os Blades mSR e m-CPX, e que exigem um pouco mais de domínio dos comandos dos helis, como os Solo Pros, quem era pouco experiente tinha, até o começo de 2010, que se contentar com o PicooZ e seu estilo quase paranormal de voo.
Mas em 2010, surgiu o Swift 6020-1, um microhelicóptero coaxial controlado por infravermelho. Tudo bem, a experiência dos microCXs de IR e 3 canais sem servos já vinha sendo tentada, sem muito sucesso. Mas o Swift trouxe uma novidade que o tornou um verdadeiro micromodelo indoor pra iniciantes: um giro trava-cauda que tornava o helizim bem estável. O Swift conseguiu um vôo bem controlável e manso. Já dava pra fazer circuitos dentro da sala, perseguir o cachorro debaixo da mesa, e atravessar de um cômodo a outro através de portas. Mas o Swift tinha dois problemas:
1. a estabilidade dele, se era melhor que a dos erráticos antecessores, ainda não era perfeita.
2. O T-bar da bailarina superior é frágil. Só de olhar torto quebra, e os sobressalentes são na maioria das vezes tortos.

[img:7e682b3662]http://i118.photobucket.com/albums/o90/brunollo/Aero/Syma%20S107/Symabeautyshot.jpg[/img:7e682b3662]
[i:7e682b3662]S107: uma solução pras águas de março???[/i:7e682b3662]

Mirando nesse mercado, um monte de fabricantes chineses tentou criar seus próprios microCXs, com variadas taxas de sucesso (ou fracasso...). A Syma, um desses fabricantes (que tem seu próprio portfólio de fracassos...), chegou ao melhor projeto de micro heli coaxial servoless infravermelho (ufa!) atual: o S107. Eu tive vários, já dei de presente pra crianças que querem começar a voar, e tenho um azulzinho, para dar umas voadas dentro de casa. Fantástico voo indoor pros iniciantes, excelente custo-benefício. Nessa época de chuva, quem quer mais?

[b:7e682b3662]O que ele é?[/b:7e682b3662]
É um helicóptero? Sim, é um helicóptero coaxial. Qualquer pessoa que o ver vai identificar um heli, apesar de o número e disposição de pás não bater com os de um helicóptero tradicional. VC pode adicionar “coolness” ao seu helicóptero explicando que essa disposição é usada em helicópteros militares russos, e que por isso não foi difundida no ocidente.
É estável? Sim, provavelmente é o heli R/C mais estável vendido hoje.
É pequeno? Sim, pode ser considerado um microhelicóptero, pois tem 22cm de diâmetro de disco e um comprimento do corpo de 20cm. Além disso, pesa apenas 37g.
É indoor? Sim, o controle infravermelho dele limita o uso ao vôo indoor.
É barato? Sim, com um preço médio de 100 reais, não dá pra ficar muito mais barato que isso e ainda oferecer as excelentes características de vôo dele.

[img:7e682b3662]http://i118.photobucket.com/albums/o90/brunollo/Aero/Syma%20S107/symadetalhes.jpg[/img:7e682b3662]
[i:7e682b3662]1. Olha a cara do kit do bicho: uma caixinha simpática que também serve como estojo de transporte. (tirei essa foto da Internet. A minha caixa já foi pro lixo há muito tempo... o meu S107 mora na estante da sala.)
2. As entranhas dele são bem tradicionais pra um MicroCX IR servoless. Uma coisa interessante é que ele não usa apenas uma coroa grande pra cada eixo, e sim duas engrenagens menores para desmultiplicação. Porque? Não sei, mas essas engrenagens se parecem muito com engrenagens de servos de 9g...
3. Flybar e bailarinas. A Flybar do swift era de borracha, mais macia e menos propensa a quebra. Essa do S107 e´de plástico rígido. Ela lasca mais fácil, mas o fato de ser rígida faz o hover do helizim ser muito mais estável, sem praticamente nenhum TBE. As bailarinas são tradicionais para um heli coaxia sem servos. A debaixo é praticamente um suporte para as hélices e a de cima integra o flybar e os links.
4. A pior parte do helizim: o controle é feio pra burro...[/i:7e682b3662]


[b:7e682b3662]Voando[/b:7e682b3662]

[img:7e682b3662]http://i118.photobucket.com/albums/o90/brunollo/Aero/Syma%20S107/Symavoando.jpg[/img:7e682b3662]
[i:7e682b3662]O S107 é tão estável que eu mesmo tirei as fotos dele voando enquanto pilotava![/i:7e682b3662]

O Syma vem pronto pra vôo. VC só tem que colocar as baterias no controle (seis pilhas AA) e carregar a bateria do Heli. O S107 é mais estável no hover que o Swift, e mais fácil de trimar por isso. O giro do Syma é tão atuante que você até acha ele um pouco robótico no começo. Ele literalmente TRAVA A CAUDA MESMO, e às vezes até dá uma tremedinha na cauda por causa das engrenagens dos motores. Uma coisa que eu fiz que suavizou muito a tremedinha (praticamente sumiu) foi lubrificar com um pouquinho de spray de silicone as duas bailarinas e as engrenagens. O voo pra frente sai mais reto por causa do giro, o voo pra trás também. Uma coisa que se observa com facilidade é que no voo pra trás ele costuma perder altitude, resultado da hélice de cauda empurrar a cauda pra baixo e levar o helizim tb. Os giros não são rodopios enlouquecidos como os do Swift, e sim giros controlados. É realmente um heli bem controlável. No geral é mais resistente que o Swift também. O meu tomou alguns tombos feios, e o máximo que aconteceu foi as pontas do flybar racharem. A hélice traseira é bem mais resistente que a do Swift também. Mas sempre é importante lembrar da regra de ouro da lenha com helis: cortar o motor pra reduzir os danos! Outra coisa interessante é o peso. Se não pesa míseros 28g como um mSR, pesa 37g, mais magrinho que o Swift com seus 40g. Menos massa, menos inércia, menos gasto de bateria, mais tempo de voo e menos estrago num tombo.

[img:7e682b3662]http://i118.photobucket.com/albums/o90/brunollo/Aero/Syma%20S107/Symarotordecauda.jpg[/img:7e682b3662]
[i:7e682b3662]O rotor de cauda do S107: bem reforçado, segura a onda do motorzinho que comanda o profundor e também as pancadas. O Syma voa perfeitamente bem sem os reforços, mas vc tem que tirar peso na frente tb, para manter o CG...[/i:7e682b3662]

O procedimento pra voar essa belezinha é bem simples: Carregue o helizim com o carregador USB ou no proprio controle (leva uns 40minutos), ligue o controle, ligue o heli e posicione ele numa superficie lisa, firme e plana. Em alguns segundos o giro arma, um LED verde acende e você está pronto pra voar! Cuidado com o controle do acelerador. Ao contrário do Swift, que tem que subir e descer o stick do acelerador pra armar o controle, esse já tá dando comando no motor desde o início. Os voos duram 5 minutos no máximo. Tentar voar mais tempo pode danificar a bateria, uma LiPo de 130mAh. Ah, outra coisa. Não dá pra voar onde bate sol. O bicho fica louco, pois o sistema de controle é IR. O Syma tem muita autoridade no pouso também. Fazer pousos de precisão (daqueles que a gente gosta pra tirar onda, em cima de uma caixa ou no alto de uma estante), se não é a tarefa mais fácil do mundo, pelo menos é possível com o S107.
Tem duas coisas chatas a respeito do controle do Syma: a primeira é que ele tem uma molinha no stick do acelerador, que felizmente pode ser retirada sem prejuízo nenhum ao controle. A segunda é mais séria: o stick da direita comanda o profundor E O LEME. Se isso faz pouca diferença pra quem nunca voou um helicóptero, dificulta um pouco a transição para o vôo de helicópteros com mais canais.

[b:7e682b3662]Video[/b:7e682b3662]

[yt]Pwn2KgZBDxU[/yt]

Video de um vôo do Syma com minha filha de seis anos (cinegrafista oficial...) filmando. Valeu Helô! Dá pra observar como ele é muito estável. Em cima da cama eu coloquei uma tampa de caixa para brincar com o efeito solo mais pro final do filme.

[b:7e682b3662]É para um iniciante?[/b:7e682b3662]
Sim! O Syma S107 é muito estável, e resistente a pequenos tombos, desde que o piloto tenha o reflexo de cortar o motor na iminência de uma queda. Eu já iniciei algumas pessoas no aeromodelismo com o Syma, que está no limite entre um brinquedo que funciona e um bom heli controlável para começar no hobby.

[b:7e682b3662]Modificações[/b:7e682b3662]
Po, o que seria dos aeromodelistas sem o espírito infinito da mexeção? Alguma modificação a gente sempre tem que fazer nesses caras! Como o helizim é muito simples, tem um monte de coisas que você pode fazer com ele. Vamos conhecer algumas bem legais:
1. troca da bateria por uma de maior capacidade: Essa é muito simples de fazer. Abra o canopi, remova com cuidado o LED dele (é colado com cola quente), retire a bateria de 130mAh e solde uma maior. A melhor opção pra mim é a Turnigy de 160mAh e 30c. mais tempo de vôo e mais potência no topo do stick sem aumentar em praticamente nada o peso. 0,5g de “engorda”, que pode ser revertido com...
2. retirada cirúrgica do LED barango que faz ele parecer um heli da polícia. Se o heli não for azul, o LED que pisca em azul e vermelho não combina. Tirando ele vc economiza 0,5g e ainda reduz o gasto da bateria. Quanto? Não sei, mas chuto uns 10s de voo a mais sem o LED e menos demanda de corrente na bateria, que ajuda ela a durar mais. Para melhorar mais ainda, experimente tirar os suportes do rotor de cauda ou os estabilizadores para acertar o CG e emagrecer ele mais ainda!
3. retirada da bateria velha e adaptação de um chicote para usar baterias padrão Minium. pronto! Vc carrega um monte de baterias e voa um monte de tempo! O chato é ter que tirar e colocar o canopi pra trocar a bateria. Nesse caso, o LED deve ser retirado MESMO, pois o peso com o chicote aumenta e o fio do LED vai acabar estragando com o manuseio do canopi.
4. retirada da mola do stick do acelerador: ESSA É A MELHOR MODIFICAÇÃO QUE VOCÊ PODE FAZER PRA ELE. Sem mola, vc tem muito mais controle da sustentação no hover.
5. balancear as pás principais com fita. O balanceamento deixa a sustentação mais eficiente. menos esforço nos motorezinhos. Balancear as pás desses microhelis é fácil. Segue o minitutorial:

5.1. Retire um dos pares de hélices (o de cima ou o de baixo, tanto faz.
5.2 Segure o bicho pelo trem de pouso.
5.3 Acelere ele e sinta a vibração das hélices com as mãos.
5.4 Marque uma hélice com uma caneta pra identificar.
5.5 Cole nela um pedacinho de durex e acelera de novo. Vibrou menos? Ponto! vc diminuiu a vibração. Se vibrou mais, tire o Durex e cole na outra pá. Acelere de novo e veja se vibrou menos dessa vez.
5.6 Repita esse processo com os dois discos (o de cima e o de baixo) e o flybar até diminuir bastante a vibração. Pronto. VC não vai conseguir zerar a vibração, mas vai diminuir muito e tornar ele muito mais estável. Para zerar MESMO, vc precisaria de um balanceador de hélices de helicóptero, mas eu acho isso desnecessário para o Syma.
6. comprar outro! Sim, com dois você voa um e carrega o outro sem preocupar com mexer nele todo! É barato o suficiente pra fazer isso!

[b:7e682b3662]Conclusão[/b:7e682b3662]
Eu curto o Syma. Já tive uns 4 deles, e acabei sempre dando eles a amigos como presente. Minha filha de seis anos está dando os primeiros passos no aeromodelismo com o Syma (e também com um Minium Citabria). Ele é o perfeito incentivador para crianças que têm que passar no 3º. Bimestre. Quem não quer ganhar um Heli que voa de verdade e bem de Natal? Pra ganhar, basta passar no 3º. Bimestre. E ele vale muito a pena se vc está começando a voar helis e ficou preso em casa por causa da chuva!

[b:7e682b3662]Prós:[/b:7e682b3662]
-Muito estável.
-Excelente pra iniciantes agoniados.
-Mais resistente que o Swift.
-Flybar de plástico rígido é mais preciso e atuante que o do Swift
-Pode ser carregado por uma porta USB no PC. Fica muito legal adornando o computador do serviço!
-Perfeito pra voos indoor em lugares apertados.
-Embalagem serve também pra transportar!

[b:7e682b3662]Contras:[/b:7e682b3662]
-O controle é horroroso!
-Essa é séria: comando do leme está na posição errada, ou melhor, não está na posição padrão para o modo 2. Isso dificulta a transição desse (e de todos os coaxiais que usam o mesmo padrão de comandos) para helis de rotor simples.
-O Infravermelho limita o uso ao indoor mesmo, sem luz do sol direta, que interfere no comando.
-O flybar lasca, por ser de plástico rígido.
-Altamente viciante!

No sábado que vem, eu continuo a série chuvosa com o [url=http://www.e-voo.com/forum/viewtopic.php?t=151617]Blade mSR![/url]!
Fotos: Bruno Angrisano
Video: Helô (minha filha!)
Vamos melhorar o nível do e-voo: se observar grosseria ou falta de educação, CLIQUE NO BOTÃO DENUNCIAR!!!

Avatar do usuário
brunollo
membro
Mensagens: 773
Registrado em: 28 Set 2008 08:36
Localização: Brasília, DF

Mensagempor brunollo » 09 Mar 2013 21:40

Pessoal, esse é o primeiro review de uma série que eu preparei pra essa época de chuva, em que a gente fica meio preso em casa sem poder sair pra voar os bichos maiores. Vocês vão observar que eu tentei buscar, em minha opinião, os melhores modelos indoor para um iniciante, um piloto com habilidade intermediária e um piloto experiente. Espero que aproveitem! Sugestões, análises e críticas são bem-vindas!

Avatar do usuário
kcabun77
membro
Mensagens: 364
Registrado em: 16 Dez 2011 11:50

Mensagempor kcabun77 » 10 Mar 2013 07:10

Eu tenho um coaxialzinho desse, não o syma, mas clone dele. É exatamente o mesmo heli. E realmente é perfeito pra se voar dentro de casa. Dá até pra voar e tomar um cafezinho ao mesmo tempo de tão estável que é!

[img:b2941859db]http://images.orkut.com/orkut/photos/QQAAAL6N_EG4TSviVRH2jlCw82sBbNiGNHphNKPxJCS8icPACnZ1OMUsawBAN1rv9yvi33skjUFw69LkTzpi5WZL5-o1IktPPjtSvpJpwIasc3R8AJtU9VAxE4M5t6bbTi5xJM7RvI6nufcPlg.jpg[/img:b2941859db]

dbc123
membro
Mensagens: 137
Registrado em: 26 Set 2011 13:43
Localização: Araguaína - Tocantins

Mensagempor dbc123 » 10 Mar 2013 07:43

Syma 107 foi o minha primeira experiencia no hobby, kkkkk quando chegou tava louco para voar carreguei a bateria, liguei e dei uma acelerada que ele subiu bateu no forro e quebrou a hélice ai tive que esperar mais de semana para chegar outra kkkkkkk meu primeiro voo durou uns 2 segundos kkkkk a DAC achou o máximo ver o bichinho se espatifando no chão..... mais depois fiquei fera no danado.....

ThiagoSena
membro
Mensagens: 23
Registrado em: 25 Mar 2013 15:11
Localização: Feira de Santana

Modificações

Mensagempor ThiagoSena » 25 Mar 2013 15:15

Olá amigo.

[b:393c9e4c08]Poderia me tirar algumas dúvidas?[/b:393c9e4c08]

Eu comprei esse Helicoptero, está pra chegar ainda.
Fazendo minhas pesquisas, vi que devo fazer essa modificação da bateria.

Encontrei essa bateria similar a que você indicou:
http://www.hobbyking.com/hobbyking/store/uh_viewItem.asp?idProduct=10980

Acredito que teria que cortar e soldar esse fio para adaptar a bateria:
http://www.hobbyking.com/hobbycity/store/uh_viewitem.asp?idproduct=9727

[b:393c9e4c08]Esse é realmente o conector correto para essa bateria?[/b:393c9e4c08]

[b:393c9e4c08]Qual carregador eu compraria para essa bateria?[/b:393c9e4c08]

Tem como eu adaptar para usar as baterias do V911?
http://www.aliexpress.com/item/New-Verison-charger-V911-21-Battery-V911-19-Spare-part-Accessory-for-2-4G-4ch-for/722252366.html

[b:393c9e4c08]Muito obrigado pela atenção[/b:393c9e4c08]

Avatar do usuário
fabiorieger
membro
Mensagens: 383
Registrado em: 04 Jun 2012 15:03

Mensagempor fabiorieger » 25 Mar 2013 15:48

Boa iniciativa. Eu particularmente não gosto dos coaxiais, mas com certeza muita gente curte. Eu faço indoor com o V911, com muito sucesso...rs....

Avatar do usuário
LEBU
membro
Mensagens: 205
Registrado em: 30 Dez 2009 11:17

Mensagempor LEBU » 14 Jan 2014 01:26

Legal estou esperando um desses chegar, além de fazer indoor com ele vai servir para emprestar aos curiosos e preservar o 911 e 912 que também aguardo a chegada.

Avatar do usuário
lenonmelo
membro
Mensagens: 297
Registrado em: 24 Fev 2013 22:52
Contato:

Mensagempor lenonmelo » 14 Jan 2014 08:24

Opa, legal, muito interessante, eu to com o meu v911 parado, aguardando o motor da cauda la de fora a 1 mês e pouco já! Eu domino e faço indoor com ele!:-D

luuisgomes
membro
Mensagens: 102
Registrado em: 08 Mar 2014 22:23
Localização: Patos de Minas MG

Mensagempor luuisgomes » 29 Ago 2014 19:48

Tenho um desses comprei no ml ,acabei recebendo um clone ,não é o original mas é de boa qualidade ,única coisa ruim se usar ele para iniciar no hoobe realmente é o leme do lado direito isso confunde tudo ,porem vale a pena comprar um sim sai por menos de 20 dólares nesses sites chineses e não costuma ser taxado por ser pequeno e barato, com sorte e paciência pra esperar chegar VC vai pagar só 50 reais em um.


Voltar para “Helicópteros - Micro”

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 6 visitantes